domingo, 1 de maio de 2016

Vagueia

Vagueia, sem nada ansiar.
Procura o sol, sem medo de te queimar.
Voa, sem saber se vais cair.
Esquece o tempo, tenta não o sentir.
Tens nos dedos a inquietude dos pensamentos.
Mas é nas asas que acolhes momentos.
Então, voa sem saber se vais cair,
esquece o tempo, tenta não o sentir.
Sê refém somente da liberdade.
Alimenta e nunca sacies essa curiosidade,
de quer um mundo tão maior e só teu.
Onde não existe chão, onde não existe céu.
Vagueia, diz-me a alma e não se cala.
Escuto-a, mas finjo não saber do que fala.
Vagueia...vai para onde o olhar te levar,
Vagueia e dança no vento...deixa-te dançar.

(image from Deviantart)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas!