quarta-feira, 7 de julho de 2010

Homem estátua...

A noite já se tinha abatido sobre a cidade, mas nem assim o calor que se fez sentir durante o dia, esmoreceu. As pessoas enchiam a praça, uma fila de carros obrigou-me a parar, nesse instante olhei para o lado e vi um homem estátua, pensei: "Com este calor, como é possível aguentar-se imóvel e com um fato de "fantasma" destes?". Despontou em mim um respeito e admiração por aquela arte e sorri-lhe. O homem estátua disse-me um tímido adeus e colocou a mão sobre o coração, como se sentisse a minha melancolia. Avancei, vendo-o cada vez mais distante pelo espelho retrovisor. Ia dirigir-me a casa, mas num impulso dei meia volta, novamente contornei a praça, parei em frente da rua onde o homem estátua estava, bati a porta e fui na sua direcção, parei a olhá-lo...ele, imóvel, fez um sorriso quase imperceptível, tirei uma moeda do bolso para colocar no pequeno vaso que se encontrava a seu lado, no chão., mas, ele segurou-me a mão, recusou e num truque, certamente, fruto de largo treino e experiência, fez surgir um pequeno rebuçado em forma de flor e ofereceu-me...sorri-lhe, desta vez um largo sorriso. As pessoas continuavam a passar de um lado para o outro, enquanto dois seres faziam acontecer o que tantas vezes nos passa despercebido, a força de um sorriso. Vim embora, com o coração cheio de uma alegria serena, pacifica. Não faço ideia de quem é o homem estátua por debaixo do disfarce, ele não faz ideia de quem sou, provavelmente, não o voltarei a ver ou até poderei cruzar-me com ele sem saber, mas o sorriso ficará para sempre...
Olhem mais vezes para o lado, nunca neguem um sorriso, porque o que evita a guerra entre os homens não é o assinar um papel com um aperto frio de mão, é um sorriso, sem intenções, sem reservas, só com a certeza que todos somos importantes, nem mais, nem menos que ninguém...somos todos parte de um mesmo sistema apesar das nossas diferenças. Sorriam...

1 comentário:

  1. São as pequenas coisas da vida que nos fazem crescer enquanto seres humanos... Sem dúvida que uma dessas coisas é o SORRISO!
    Beijinhos e continua a escrever!

    ResponderEliminar

Diz o que pensas!