quarta-feira, 23 de junho de 2010

...o que realmente importa...

Há pessoas que ao passarem pela nossa vida, não se revelam mais do que uma simples pegada na areia, em que vem uma onda e a apaga. O contrário do amor não é o ódio, é o desprezo, e para aquelas que deixam cair a máscara que lhes escondia a arrogância, não ofereço o meu ódio, ofereço o meu desprezo, Depois existem as pessoas que dentro delas reside sensibilidade, de facto. Pessoas que possuem sorrisos autênticos, verdadeiros, sem cinismo, sem má educação, enfim, humildes e fieis na sua essência. Pessoas transparentes, amigos de verdade, que estão presentes para chorar e rir connosco, estão sempre ao alcance, independentemente do momento, do lugar, da sensação, cultivam o respeito por nossas qualidades e defeitos, sem caírem no erro de os julgar, porque na sua sabedoria apercebem-se que também são humanos e podem "falhar" a qualquer momento.
É com esses seres raros, mas reais e apreciáveis que se escreve uma boa história, história essa que nunca me cansarei de ler e reler e fazer voltar a acontecer. A todos os meus amigos, que a cada dia mais lhes dou valor, dou um abraço maior que o mundo e nos meus sinceros cuidados por eles, desejo-lhes sempre tudo de bom.

1 comentário:

  1. obrigada por tudo principalmente por seres minha amiga beijinhos.tem uma boa semana vera vieira

    ResponderEliminar

Diz o que pensas!